CPA

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é o órgão responsável pela avaliação interna da Instituição de Educação Superior (IES). Processo contínuo, por meio do qual se edifica conhecimento sobre a realidade organizacional, buscando-se compreender os significados do conjunto das atividades desempenhadas em função da melhoraria da qualidade dos serviços em educação entregues e do alcance da maior relevância social possível.

Para tanto, a CPA sistematiza informações, analisa coletivamente os significados de suas realizações, desvenda formas de organização, administração e ação, identifica pontos fracos, bem como pontos fortes e potencialidades, e estabelece estratégias de superação de problemas. A Autoavaliação Institucional é, portanto, um processo cíclico, criativo e renovador de análise, interpretação e síntese das dimensões que definem a IES. 

1 – A COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

O detalhamento deste conteúdo e outros aspectos relativos à CPA encontram-se no Regimento Interno da Faculdade.

1.1 – Importância

A CPA existe para garantir a autonomia do projeto institucional e qualidade acadêmica no ensino, pesquisa e extensão, na gestão e no cumprimento de sua pertinência e responsabilidade social, conforme Regimento Interno, observada a legislação pertinente.

A CPA disponibiliza indicadores para a revisão de ações e redirecionamento das estratégias de atuação da Instituição. O que se constitui em ferramenta para o planejamento e gestão institucional, instrumento de acompanhamento contínuo do desempenho acadêmico e do processo sistemático de informações à sociedade.

A análise criteriosa dos resultados, de modo que a Autoavaliação Institucional possa contribuir efetivamente para o cumprimento da missão institucional, servindo de instrumento para o aperfeiçoamento do projeto acadêmico e sócio-político, garantindo a melhoria contínua da qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas.

Os relatórios gerados servem a identificação dos acertos e ineficiências, vantagens, potencialidades e dificuldades, oportunizando a reflexão sobre as causas das situações positivas e negativas, assumindo assim a direção efetiva de sua gestão política, acadêmica e científica. Os resultados servem de base para revisar o planejamento do PDI, bem como os projetos pedagógicos dos cursos.

A CPA coordena e articula o processo interno de avaliação, define prazos, incentiva a participação, sistematiza as informações e a divulga os resultados aos docentes, discentes, técnicos-administrativos e comunidade na qual está inserida.

A CPA desenvolve para todo o ano letivo o programa de avaliação institucional mediante três etapas: a preparação (estruturação, sensibilização e aplicação do instrumento avaliativa), o desenvolvimento (ações, levantamento de dados, análise e relatórios parciais), e a consolidação (relatório definitivo, divulgação, crítica e discussão dos resultados).

1
Olá, tudo bem?
Precisando de alguma ajuda?
Powered by